Ricardo Alexandre

RICARDO ALEXANDRE

 

Jornalista desde 1990, é editor de Politica Internacional de rádio e TV na RTP desde Junho de 2015. Jornalista na RDP-RTP desde 1993. 

É investigador integrado do CEI - Centro de Estudos Internacionais do ISCTE- Instituto Universitário de Lisboa e do Observare, Observatório de Relações Exteriores da Universidade Autónoma de Lisboa.

Apresenta na Antena1 o programa semanal de informação internacional Visão Global desde 2005. Foi vice-presidente do Conselho Deontológico do Sindicato dos Jornalistas no triénio 2015-2018 (Fevereiro). Representa o SJ no Conselho de Administração do Cenjor, Centro Protocolar de Formação dos Jornalistas. 

Foi Diretor Adjunto de Informação da Antena1 de 2005 a 2012, período no qual, nos dois últimos anos, acumulou funções com a coordenação e apresentação do Programa da Manhã.

Primeiro doutorado em Ciência Política, com especialização em Relações Internacionais pelo ISCTE-Instituto Universitário de Lisboa (2017), com nota máxima, aprovada com distinção e unanimidade pelo júri a dissertação Yugoslavia: From Wars to European integration, Perspectives from university students in Bosnia and Herzegovina, Croatia, Serbia and Kosovo. 

Visiting Scholar da Universidade de Columbia, em Nova Iorque, a convite do Prof. Mark Mazower, History Department (2015), tendo apresentado parte do seu projecto de dissertação de doutoramento em sessão pública, no Harriman Institute da School of International and Public Affairs, a 29.04.2016.

Mestre em Sociedades e Políticas Europeias, pelo ISCTE (1998/2000), tendo apresentado em Março de 2001 a tese de dissertação intitulada Era Uma Vez a Jugoslávia: Media, Elites Intelectuais e Nacionalismo, aprovado com Bom com Distinção (unanimidade).

Licenciatura em Sociologia pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto.

Professor Convidado da Universidade Lusófona de Lisboa, de 2012 a 2016, onde lecionou Jornalismo Político, Géneros Jornalísticos e, nos últimos anos, Jornalismo de Investigação.

Professor Assistente convidado da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, entre 2001 e 2008, onde lecionou as cadeiras de Jornalismo Radiofónico, no Instituto de Estudos Jornalísticos.

Lecionou módulos e aulas a convite dos mestrados de Bioética na Universidade Católica do Porto, de Comunicação na Universidade do Porto e de Relações Internacionais na Universidade Autónoma de Lisboa e no ISCTE.

Lecionou, a convite, no curso de Auditores no Instituto de Defesa Nacional (IDN), onde integra o grupo de estudos sobre terrorismo e violência política..

Publicou reportagens nos jornais e revistas El Mundo (Espanha), Visão, Público, Jornal de Notícias, Record, Notícias Magazine, Semanário, Paralelo, NIN (Sérvia), DNA e Se7e. Fundou e dirigiu a revista Ritual, publicação trimestral dedicada à moderna música portuguesa (anos 1990).

- Fellow do German Marshall Fund of the United States (GMF) em 2007, com quem mantém ocasional colaboração. 

- Prémio Reportagem Rádio do Clube Português de Imprensa (1999), com o trabalho «Jugoslávia, Cicatrizes para o Futuro». Prémio Repórter Rádio da Casa da Imprensa / Prémio Maria Leonor (2005), por um “conjunto de trabalhos”.

É coautor do livro: Visão Global – Conversas para Entender o Mundo (Prime Books, 2010) com José Cutileiro.

É autor dos livros: João Aguardela – Esta Vida de Marinheiro (Quid Novi, 2011); Irão: o país nuclear (Âmbar, 2006, com prefácio de Jorge Sampaio); Palestina, Viver na Intifada (Sete Caminhos, 2004) e Por Uma Vida Normal - Guerra e Paz na Jugoslávia, (Campo das Letras, 2002).

 

Participação nos livros

- Reforma do Sistema Político em Portugal, com capítulo dedicado aos movimentos sociais, coordenação de André Corrêa D’Almeida (SIPA, Columbia University e Roberto Carneiro, Universidade Católica). Em fase de peer review.

- “25 Anos, 25 Histórias, Curtas Vila do Conde” (2017, Curtas Metragens CRL); 

- “111 Discos Portugueses, A Música Portuguesa na Rádio Pública (2017, RTP e Edições Afrontamento);

- “22 Anos, Festival de Paredes de Coura” (2015, Ritmos – Agenciamento e Produção de Artistas e Espetáculos);

- “Portugal Vale a Pena: os Melhores Escrevem Sobre o Melhor” (2012, Revista UP e Oficina do Livro, Sociedade Editorial, Lda); 

- “Alfabeto do Desenvolvimento” (2012, Associação de Cooperação Entre os Povos);

- “Porto 1987-2012: 25 Anos No Topo do Mundo”, coordenado por João Nuno Coelho (2012, Edições Afrontamento); 

- “52 histórias para 52 semanas – o livro/agenda perpétua da ACEP” (2010, Associação de Cooperação Entre os Povos); 

- “XIV Foro Eurolatinoamericano de Comunicación – Los Nuevos Latinoamericanos, 2009” (Associación de Periodistas Europeos);  

- “Jornalismo em Liberdade” de João Figueira (coautoria das entrevistas que constituem o livro, 2009, Edições Almedina).

 

 

hotlink_Anuario
 

hotlink_eJournal